Consciência corporal

Consciência corporal

Qual a importância da consciência corporal?

Neste artigo vamos abordar como a consciência corporal é importante para o ser humano, bem como elementos explicativos de fatores de influência e melhoramento.
A consciência corporal “Body Awareness” emergiu recentemente como objeto de pesquisa científica numa ampla gama de tópicos de saúde. Embora a definição clara raramente seja fornecida, a consciência corporal envolve um foco de atenção e perceção consciente das sensações internas do corpo.


Numa perspetiva da ciência que estuda alterações do foro emocional e a sua correlação com a consciência corporal, diz-nos que o número de sensações corporais potencialmente angustiantes percebidas e presumidas tem sido amplamente utilizadas como um marcador de hipocondria, ansiedade e somatização.


A consciência corporal intensificada pode ser adaptativa e também desadaptativa. Melhorar a consciência corporal tem sido sugerido como uma abordagem para o tratamento de pacientes com condições como dor crônica, obesidade e transtorno de stress pós-traumático. A prática regular do exercício físico específico através dos princípios inerentes ao Pilates, desenvolve e melhora a consciência corporal.

 

Como funciona a consciência corporal no organismo?

Qualquer sistema que possa transmitir informações sensoriais ao cérebro pode contribuir para desenvolver a consciência corporal.
Image
  • Sistema somatosensorial (identificação de texturas), propriocepção e cinestesia (reconhecimento da localização espacial do corpo), termocepção (perceção da temperatura) e nocicepção (percepção da dor). Pele, labirinto e medula.

  • Integração de vários inputs sensoriais; Sistemas vestibular, somato sensorial, e visual.

  • A consciência corporal advém primariamente do envolvimento do sistema vestibular, localizado no ouvido interno, o qual fornece informação sobre a posição e o movimento do corpo através de recetores sensoriais, de sensação, sensitivas.

  • Órgãos dos sentidos – a pele através do tacto, o nariz através do olfato, a língua, papilas gustativas, o ouvido e, a audição.
Todos fazem parte da gama contributiva para o desenvolvimento da consciência corporal o “body awareness”.

Qualquer que seja a informação sensorial, visual, auditiva, toque, perceção de movimento, pressão, dor e alongamento são cruciais para as atividades físicas. Uma pesquisa sobre consciência corporal trará as palavras propriocepção e cinestesia. Embora muitas vezes usadas de forma intercambiável, têm pequenas diferenças.

Olhemos para esses conceitos:

  • A propriocepção é a capacidade de perceber os movimentos da face, da coluna vertebral dos membros inferiores e superiores em relação com o espaço. Recetores sensoriais (proprioceptores) dos músculos, tendões, articulações e fáscia transmitem informação ao cérebro sobre a expressão, posição e tensão. A informação proprioceptiva e outras informações sensoriais permitem interpretar as diferenças. A propriocepção ajuda a perceber se estamos a realizar movimentos corretos sem estar a visualização do corpo.

 

  • Cinestesia é a componente do movimento, usando feedback de proprioceptores e outros meios de entrada sensorial. O sentido cinestésico desempenha um papel na “memória muscular” e na coordenação mão olho para permitir a coordenação de padrões de movimento.
Image
Podemos observar centros aferentes no cérebro recebem informação, dados dos órgãos dos sentidos sendo processados e enviados para uma resposta motora ou sensitiva. Na imagem acima referimos alguns exemplos de centros de processamento sensorial, equilíbrio no cerebelo, o som no córtex auditório, a visão no córtex visual.

Como é realizada a Integração sensorial?

Toda a informação é processada no cérebro auxiliando a consciência corporal no movimento. Processamos constantemente sinais internos e externos para nos movermos. A nível do movimento, se as tarefas forem novas ou complexas, a entrada sensorial pode se tornar mais complicada na execução de uma determinada sequência de movimentos. Mas com boas práticas, menos energia mental será necessária para concluir bem qualquer tarefa física.

Por isso, recomendamos ao iniciar a prática de exercício físico obter a orientação através de um especialista em exercício físico e saúde. Este irá orientá-lo na prática da atividade física específica a qual irá contribuir para desenvolver o “Body awareness”, a consciência corporal.

Que sinais ou problemas podem existir na pouca consciência corporal?

Focamo-nos nas questões gerais de consciência corporal (não relacionadas a diagnósticos médicos específicos) e como ela se relaciona com atividades físicas.

Sinais de problemas proprioceptivos:

 
  • Padrões de movimento rígidos ou descoordenados
  • Falta de habilidade
  • Dificuldade no equilíbrio ou coordenação
  • Dificuldade de realizar exercícios em espelho
  • Dificuldade na aprendizagem adequada nos exercícios
  • Lesões frequentes
  • Dificuldade no tempo rítmico da música
Estes problemas podem ser melhorados, alterados e minimizados através de orientação específica durante a reaprendizagem da consciência corporal. Fisiologia do sistema Nervoso Sensorial.

O mapeamento das superfícies do corpo no cérebro é chamado de somatotopia. No córtex, também é conhecido como homúnculo cortical. Este mapa da superfície do cérebro ("cortical") não é imutável. Mudanças dramáticas podem ocorrer em resposta a acidentes vasculares cerebrais ou lesões.

Image

Inteligência corporal-cinestésica

No desenvolvimento da inteligência (I.C.C.), segundo Gardner, H. (1983) é que na maioria das aprendizagens preocupamo-nos com desempenhos mecânicos, ritualizados ou convencionados, ou seja, desempenhos que desenvolvem as habilidades apenas levando o aluno a repetir o que o professor modelou. Para o desenvolvimento da cinestesia podemos anular a visão, os alunos focalizam-se nas sensações, na cinestesia.

O feedback cinestésico, através do toque. O aluno sente o movimento e processa-o cinesticamente contribuindo para uma melhor propriocepção.

Que benefícios podem ocorrer da prática regular de Pilates na consciência corporal?

 
  • Saúde física e emocional, melhor equilíbrio e estabilidade, menos gasto energético, melhor postura.
  • Maior desenvolvimento da inteligência corporal-cinestésica beneficia a coordenação, a precisão e a fluidez dos movimentos.
  • Maior controle no peso corporal: existem evidências de que desenvolver a consciência corporal pode ser uma ferramenta benéfica para o controle de peso.
  • Maior controle no peso corporal: existem evidências de que desenvolver a consciência corporal pode ser uma ferramenta benéfica para o controle de peso.
  • Maior controle no peso corporal: existem evidências de que desenvolver a consciência corporal pode ser uma ferramenta benéfica para o controle de peso.
  • Indivíduos com baixa consciência corporal supostamente são mais propensos a comer na ausência da sensação de fome, aumentando o risco de obesidade.
  • Evidências sugerem que a consciência corporal atua no controle da dor, ou seja, pode reduzir a dor quando abordada conscientemente.
  • Os indivíduos que reprimiram as sensações corporais, tiveram: diminuição da autoestima, menor contacto físico, mais sintomas depressivos.
  • Indivíduos que usaram intervenções através da consciência corporal, mente-corpo mostraram níveis mais elevados de consciência e conexão com o corpo. Resultando numa maior autoestima, maior vitalidade e menor dor sensorial.

Na criança, no neurodesenvolvimento, decorre naturalmente uma progressão para o controle do corpo. A perceção e a consciência espacial do seu eu físico são desenvolvidas. No entanto, é comum perder a capacidade da consciência corporal, quando isso acontece o organismo fica alterado. Tanto a postura como a fisiologia musculoesquelética sofrem modificações negativas, mas que podem ser reparadas e restituídas através da prática de exercícios integrativos conectados ao desenvolvimento da consciência corporal como exemplo, temos a prática de Pilates.

Alterações benéficas a nível das posturas semiestáticas durante o exercício de profissões

Image
Image
Image

As imagens acima evidenciam alterações benéficas a nível das posturas semiestáticas durante o exercício de profissões que requerem precisão da motricidade fina. Alterações essas advindas do melhoramento da consciência corporal após aplicação prática dos conceitos inerentes ao “Body Awareness”.

Esta imagem abaixo mostra as complementaridades que compõem alguns requisitos no atleta. Como podemos verificar a componente da consciência corporal esta presente, deve ser treinada e quanto mais precoce melhor benefício trará ao desportista.

Image

Ao longo dos anos e em várias partes do globo as aulas de Pilates têm contribuído positivamente para muitos benefícios relacionados com a melhoria da saúde e do bem-estar, como as alterações muitos significativas na reprogramação da consciência corporal consciência corporal, o “Body awareness”.

Conclusão:

O desenvolvimento da consciência corporal pressupõe maior compreensão e comunicação na relação mente - corpo.
Propicia, ajuda e atende as necessidades Intra individuais, traduzindo-se assim na melhoria da saúde e do bem-estar.
Especialista em Exercício e Saúde
Osteopata
(Cédula Profissional: C-003 1060)

Artigos Relacionados

Aqui, poderá encontrar diversos artigos sobre muitos outros temas à sua disposição.
Image
Avenida Mário Soares, n.º 43 e 45,
Edificio Alameda Formosa, bloco B, lojas W e V
9000-246 Funchal
geral@symetrix.pt
Recepção: 291 743 464 e 931 439 030
Coordenação: 963 284 047
«Chamada para rede fixa e móvel nacional»

Siga-nos